Os seis países com mais mortes por ébola no surto de 2014

Enquanto vivemos uma pandemia no mundo causada por um coronavírus e a doença Covid-19 que este origina, não nos devemos esquecer de outros surtos de doenças que já afectaram o nosso planeta. Hoje, fomos então em busca dos números do surto de ébola que afectou sobretudo o continente africano entre 2014 e 2016, trazendo-te então os países que tiveram o maior número de mortos durante esse período.

6 – Estados Unidos da América

Apesar da maioria dos países afectados serem do continente africano, abrimos este nosso artigo com os Estados Unidos da América, o único país não africano a registar mortes neste surto de ébola. Tendo reportado quatro infectados no total, houve uma destas pessoas a falecer, o suficiente para colocar este país nesta lista.

5 – Mali

Entramos agora no continente africano para falar sobre os efeitos deste surto de ébola no continente, começando por falar do Mali, país que teve um total de oito casos suspeitos, dos quais sete foram confirmados. Deste sete casos confirmados, registaram-se seis mortos.

4 – Nigéria

Seguimos este nosso artigo agora na Nigéria, país que contou com um total de vinte casos suspeitos, dos quais dezanove foram efectivamente confirmados como infectados com o vírus do ébola. Registaram-se um total de oito mortes por ébola na Nigéria durante este surto.

3 – Guiné

Entramos agora nos três países que foram mais afectados pelo vírus do ébola, sendo efectivamente os três países onde existiu transmissão comunitária activa. Começando por falar da Guiné, estes registaram 3358 casos confirmados, dos quais 2544 acabaram por falecer.

2 – Serra Leoa

Seguimos agora até à Serra Leoa, um país do continente africano que acabou por registar 8706 casos confirmados de pessoas infectadas com ébola, o que resultou na morte de 3956 pessoas no total.

1 – Libéria

Por fim, o país mais afectado pelo surto de ébola entre os anos de 2014 e 2016 foi a Libéria, país onde existiram mais de 10 mil casos suspeitos de infecção com o ébola, o que resultou num total de 4810 mortes causadas pelo vírus.

Gostaste do que leste? Então passa pelas nossas páginas de Facebook e Instagram! Seguir-nos nestas duas redes sociais é a forma mais simples de garantires que o Cultura de Algibeira está sempre no teu bolso e que não perdes pitada dos próximos artigos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s