Cinco músicas com sonoridade alegre mas uma letra sombria

Cinco música sonoridade alegre letra sombria Cultura de Algibeira

Já alguma vez deste por ti a gostar imenso de uma música e, quando decides ver a letra da mesma pela primeira vez, ficar em choque com o que estás a ler? Pois bem, é exactamente esse o conceito deste nosso artigo, onde juntamos cinco músicas que apesar de terem uma sonoridade alegre e que te levam a dançar, na realidade têm uma letra que pode ser considerada sombria ou assustadora. Preparado para ser surpreendido?

1 – Los Del Rio – La Macarena

Quando falamos de dança e sonoridade alegre, não há nada como a La Macarena dos Los Del Rio. Dançada por milhões de pessoas em todo o mundo com uma coreografia única, a verdade é que esta alegre música fala sobre uma mulher chamada Macarena que traiu o seu namorado com dois dos seus amigos quando este estava fora de casa e que se encontra à procura de um outro homem para levar para casa consigo nessa noite… Andamos todos a dançar e celebrar a traição?

2 – Barry Manilow – Copacabana

Copacabana de Barry Manilow é um outro tema bastante animado e que é conhecido por milhões de pessoas ao redor do mundo, mas quantos saberão mesmo sobre o que é esta música? Nós estamos aqui para esclarecer! Esta música fala sobre Lola, uma dançarina do bar Copacabana em Havana que se apaixona pelo barman, sendo que este último acaba por morrer com um tiro no meio de uma discussão dentro do bar. O resto da canção é sobre Lola tornar-se uma pessoa deprimida, sem vontade de viver e ter-se tornado alcoólica com a morte do seu amado.

3 – The Police – Don’t Stand So Close To Me

Falemos agora de Don’t Stand So Close To Me dos The Police, uma banda que por si só poderia ter um artigo como este dedicado a si. Nesta música em particular, apesar da sonoridade animada, a letra da canção descreve a história de um professor a ser perseguido e seduzido por uma aluna pela qual este tem interesse mas que não pode consumar este seu interesse devido à sua profissão. Apesar de nada acontecer de acordo com a canção, não deixa de ser uma história sobre um potencial caso de pedofilia. E nem nos façam falar sobre a música Every Breath You Take desta mesma banda!

4 – Tom Jones – Delilah

Vamos agora a um clássico da música mundial! Delilah de Tom Jones é uma música com um ritmo contagiante e foi cantada um pouco por todo o mundo entre os anos 60 e 70 do século passado. Mas sobre o que está Tom Jones a cantar? Sobre o facto de ter encontrado a sua mulher Delilah a o trair e, por esse motivo, este a ter esfaqueado até à morte. Não nos parece possível este artigo virar mais sombrio que isto…

5 – Bruce Springsteen – Born In The U.S.A.

Muitas vezes usado como um hino ao patriotismo pelos cidadãos dos Estados Unidos da América, a música Born In The U.S.A de Bruce Springsteen é na realidade uma descrição sobre o atribulado regresso a casa de um veterano de guerra após a Guerra do Vietname, motivo pelo qual o nome original da música era Vietnam. Assim sendo, apesar desta música ter um ritmo considerado alegra, na realidade a história que conta sobre uma pessoa a enfrentar uma crise espiritual torna esta música muito mais pesada emocionalmente do que dirias ao ouvi-la pela primeira vez.

Gostaste do que leste? Então passa pelas nossas páginas de Facebook e Instagram! Seguir-nos nestas duas redes sociais é a forma mais simples de garantires que o Cultura de Algibeira está sempre no teu bolso e que não perdes pitada dos próximos artigos!

Categorias:Bizarro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s