Skip to content
Anúncios

A playlist de Steve Jobs

A playlist de Steve Jobs - Cultura de Algibeira

Nascido a 24 de Fevereiro de 1955, Steve Jobs é relembrado como uma das mentes mais empreendedoras e inovadoras que já viveram neste planeta. E, neste dia que seria do seu 63º aniversário, decidimos que seria uma boa altura de descobrir que músicas estariam no iTunes deste homem que foi um dos fundadores da Apple.

1 – Bob Dylan – Highway 61 Revisited

A playlist de hoje começa com uma música de Bob Dylan, de um álbum que até foi usado por Steve Jobs numa das suas famosas apresentações de produtos da Apple. De acordo com a biografia de Steve Jobs, Bob Dylan era o seu artista favorito e é nessa mesma biografia que nos vamos basear para construir a playlist de hoje.

2 – The Beatles – Come Together

Uma das frases mais famosas de Steve Jobs envolve os Beatles! Quando questionado sobre a sua visão sobre o mundo dos negócios, este disse que a sua visão era semelhante aos Beatles. Uma equipa em que cada uma das pessoas tem os seus pontos fortes e fracos, mas que em conjunto se conseguem balancear e ser um grupo forte. Além desta visão, Jobs também afirmou que no caso de um incêndio, seriam os discos dos Beatles que ele tentaria salvar.

3 – Joan Baez – Love is just a four-letter word

Não é segredo que Steve Jobs e Joan Baez tiveram uma relação amorosa, quando Jobs tinha 27 anos e a artista 41. Como seria de esperar, Jobs era fã de Joan e também não é de admirar que esta fosse uma das músicas que estavam presentes no iPod do fundador da Apple.

4 – Grateful Dead – Uncle John’s Band

Quando questionado por uma música da sua infância que, na opinião de Steve Jobs, tivesse sido capaz de sobreviver à idade e continuar a ser uma boa música, esta foi a escolha. E nós não resistimos a incluir músicas de infância nestas playlists!

5 – Yo-Yo Ma – Bach Six Cello Suites

E, para fechar a playlist, juntamos dois dos artistas favoritos de Steve Jobs: Yo-Yo Ma e Johann Sebastian Bach. Se Bach foi o seu compositor clássico favorito, Yo-Yo Ma não ficou atrás do alemão em importância! Isto porque o violoncelista actuou na casa de Steve Jobs e o empresário descreveu a actuação como o melhor argumento que alguma vez tinha ouvido para provar a existência de um Deus.

Gostaste do que leste? Então passa pelas nossas páginas de Facebook e Twitter! Seguir-nos nestas duas redes sociais é a forma mais simples de garantires que o Cultura de Algibeira está sempre no teu bolso e que não perdes pitada dos próximos artigos!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: