Skip to content
Anúncios

Os vinte Presidentes da República Portuguesa

Os vinte Presidentes da República Portuguesa Cultura de Algibeira

Desde a Primeira República até aos dias de hoje, foram já 20 as pessoas que assumiram o cargo de presidência da república portuguesa. Alguns com mandatos mais longos que outros, todos eles marcaram de alguma maneira o nosso país, mas será que te lembras de todos eles?

1 – Manuel de Arriaga

Tudo começou no longínquo ano de 1911, com Manuel de Arriaga a ser oficialmente o primeiro Presidente da República Portuguesa. Ficou no poder até ao ano de 1915, altura em que foi obrigado a resignar do cargo devido à Revolta de 14 de Maio de 1915.

2 – Teófilo Braga

Na sequência da revolta que falamos anteriormente, Teófilo Braga foi eleito como novo Presidente da República. No entanto, uma vez que era um presidente de transição, foi o mais alto chefe de estado durante pouco mais de quatro meses. Curiosamente, já tinha assumido esta mesma posição antes da eleição de Manuel de Arriaga.

3 – Bernardino Machado

Seguiu-se Bernardino Machado, portador de uma barba e bigode de fazer inveja a qualquer pessoa! Presidente pela primeira vez entre 1915 e 1917, tem a particularidade de ter nascido no Brasil e de, dez anos após a primeira eleição, ter sido eleito para mais um mandato curto, datado de 1925 a 1926.

4 – Sidónio Pais

Em 1917, Sidónio Pais subiu à principal posição política do nosso país para um curto mandato. Sendo uma das figuras mais controversas da política do século anterior, foi assassinado em 1918, o que culminou no fim do seu mandato. Já Fernando Pessoa dedicou-lhe um poema fúnebre, onde até o apelida de Presidente-Rei.

5 – João do Canto e Castro

João do Canto e Castro foi um oficial da Marinha que acabou por chegar ao cargo de Presidente da República no ano de 1918, mantendo esse posto até perto do final de 1919. Apesar do curto mandato, existiram duas tentativas de revolução contra o presidente.

6 – António José de Almeida

António José de Almeida veio trazer um mandato mais longo face ao que se vinha a verificar anteriormente. Sendo o sexto Presidente de Portugal, foi o primeiro e único da Primeira República Portuguesa que cumpriu todo o seu mandato de quatro anos, entre 1919 e 1923.

7 – Manuel Teixeira Gomes

Seguindo um mandato completo, subiu ao poder Manuel Teixeira Gomes. Iniciando o seu mandato em 1923, viria a demitir-se dessa mesma posição em 1925 devido a um contexto de perturbação política e social no nosso país.

8 – José Mendes Cabeçadas

1926 foi um ano muito activo na presidência da república! Manuel Teixeira Gomes foi sucedido por José Mendes Cabeçadas, o primeiro presidente da Ditadura Militar, sendo que este teve um mandato de apenas dezoito dias. Este desfecho deu-se pelo salazarismo, movimento contra o qual se opôs e tentou deitar abaixo por diversas vezes.

9 – Manuel Gomes da Costa

Manuel Gomes da Costa foi o terceiro, mas não o último, Presidente da República Portuguesa no ano de 1926! Com um mandato de apenas dez dias, este foi derrubado numa revolução contra si e liderada pelo seguinte presidente.

10 – Óscar Carmona

Óscar Carmona é um dos símbolos máximos do período de ditadura em Portugal. Apesar desse período estar fortemente associado a António Oliveira de Salazar, a verdade é que Óscar Carmona foi quem presidiu a república portuguesa entre 1926 e 1951, com um pequeno hiato em 1935, altura em que o seguinte presidente entrou em cena. Foi o primeiro presidente do Estado Novo.

11 – António de Oliveira Salazar

António de Oliveira Salazar chegou mesmo a ser Presidente da República Portuguesa por duas vezes! No entanto, quer em 1935, quer em 1951, foi apenas um presidente interino de curta duração até à chegada de um novo presidente.

12 – Francisco Craveiro Lopes

Entre 1951 e 1958, foi a vez de Francisco Craveiro Lopes ser o presidente da nossa república. Apesar de estar associado à União Nacional, o partido do Estado Novo, é sabido que todas as ofertas e presentes que lhe foram oferecidos acabaram doados a instituições de solidariedade social.

13 – Américo Thomaz

Américo Thomaz foi o último presidente do Estado Novo, liderando o país entre 1958 e o mítico 25 de Abril de 1974. Famoso pelas suas gaffes e por passar grande parte do seu tempo em inaugurações, teve que abandonar o país após a revolução.

14 – António de Spínola

O primeiro presidente após o 25 de Abril foi António de Spínola, que liderou o país entre Maio e Setembro de 1974. Seria o próprio que viria a renunciar ao cargo após uma manifestação falhada da sua parte contra a radicalização política que acontecia no país.

15 – Francisco da Costa Gomes

O mandato de Francisco da Costa Gomes também não foi longo. Presidente de Portugal entre 1974 e 1976, deixou o cargo após as primeiras eleições livres para a escolha do Presidente da República em Portugal, eleições nas quais nem participou.

16 – António Ramalho Eanes

Com cerca de 62% dos votos, António Ramalho Eanes foi o primeiro presidente livremente eleito pelo povo português e manteve-se no cargo entre 1976 e 1986. É um dos apenas três antigos presidentes de Portugal que ainda se encontram vivos.

17 – Mário Soares

Falecido no passado ano de 2017, Mário Soares foi o líder máximo do país no período de 1986 a 1996. Foi co-fundador do Partido Socialista e desde muito novo integrou movimentos de oposição ao Estado Novo, tendo mesmo sido expulso do país e preso por diversas vezes.

18 – Jorge Sampaio

Seguiu-se um outro nome associado à resistência à ditadura no cargo de Presidente da República português. Falamos de Jorge Sampaio que, entre 1996 e 2006, ocupou o cargo mais alto da política portuguesa.

19 – Aníbal Cavaco Silva

O décimo nono Presidente da República Portuguesa foi Aníbal Cavaco Silva, um homem que também já havia sido primeiro-ministro do nosso país durante as presidências de Ramalho Eanes e Mário Soares. Cumpriu dois mandatos, entre 2006 e 2016.

20 – Marcelo Rebelo de Sousa

Por fim, Marcelo Rebelo de Sousa é o vigésimo e actual Presidente da República de Portugal. Professor universitário, jornalista, comentador político e muito próximo do povo, iniciou o seu primeiro mandato a 9 de Março de 2016, enfrentando novas eleições no ano de 2021.

Gostaste do que leste? Então passa pelas nossas páginas de Facebook e Twitter! Seguir-nos nestas duas redes sociais é a forma mais simples de garantires que o Cultura de Algibeira está sempre no teu bolso e que não perdes pitada dos próximos artigos!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: