Skip to content
Anúncios

Dez factos bizarros sobre animais

Dez factos bizarros sobre animais - Cultura de Algibeira, Algibeira, Bolso, Cultura

Já estávamos com saudades de falar sobre animais aqui no Cultura de Algibeira! Mas hoje não vamos em busca de perceber quais são os maiores animais do mundo, os mais perigosos, nem mesmo os mais pequenos! Então? Decidimos partilhar contigo apenas alguns factos bizarros sobre eles!

1 – Os sonhos das vacas

O sono das vacas consegue ser algo bizarro! Elas são capazes de dormir quer em pé ou deitadas mas, relativamente à capacidade de sonhar, apenas o conseguem fazer quando dormem deitadas! Como é que os investigadores sabem isto? Com o que é que as vacas sonham? Nós não sabemos, mas estamos tão curiosos quanto tu!

2 – Pandas dorminhocos

Continuemos com um outro facto sobre o sono dos animais. Desta vez, o sono dos pandas! O que tem de bizarro? Apenas o facto dos pandas não terem um local especial para o qual voltam todas as noites para dormir e simplesmente adormecem onde calhar. Deitados em rochas, ramos, bambus ou onde quer que seja, os pandas vão conseguir adormecer!

3 – Escorpiões alcoólicos

Gostas de ir com os teus amigos num final de tarde ou noite para um bar beber um copo? Apostamos que sim e que não exageras no álcool ingerido, deixando-te ainda num estado aceitável de sobriedade. Infelizmente para os escorpiões, eles não têm a mesma sorte: ao entrarem em contacto mesmo com uma pequena quantidade de álcool, os escorpiões começam a espetar o seu ferrão em si mesmos até acabarem por morrer.

4 – Panteras negras?

Não, não estamos a falar do Eusébio, sobre isso falamos aqui! Qual é então o problema com as panteras negras? Elas não são propriamente uma espécie isolada, mas sim uma variante de cor devido à melanina de qualquer grande espécie de felinos. Usualmente, as panteras negras em África e na Ásia são leopardos, enquanto que na América são jaguares.

5 – Saltadoras olímpicas

Pelo teu bem estar e conforto, esperamos que não tenhas nenhuma pulga nas tuas redondezas. Nem neste momento, nem nunca! Mas qual a característica bizarra que decidimos destacar sobre este pequeno bicho? A sua capacidade de saltar verticalmente até uma distância 200 vezes superior à sua altura! Traduzindo isto para uma versão humana, seria o equivalente a conseguires saltar até ao topo dos 381 metros do Empire State Building em Nova Iorque!

6 – Olfacto implacável

Hora de voltarmos até ao primeiro ciclo! Lembras-te de quais eram as três características principais da água? Esta é insípida, inodora e incolor! Por outras palavras, não tem sabor, cheiro, nem cor! O que tem isto a ver com animais? Bem, os elefantes são capazes de sentir o odor a água a mais de 4800 metros de distância! Como se sente o cheiro de algo sem cheiro?

7 – Animais únicos

Tal como acontece com as nossas impressões digitais, não existem dois tigres que tenham o mesmo padrão de listras no seu pêlo. Aliás, mesmo considerando toda a história do planeta, não se acredita que alguma vez tenham existido dois tigres com o mesmo padrão! Se alguma vez vires um tigre e o quiseres reencontrar mais tarde, já sabes como o fazer!

8 – Transgéneros

Que existem seres transgéneros na Natureza não deve ser uma novidade para ti! Mas sabias que as ostras têm a capacidade de variar entre géneros quando querem? E porque o fazem? Estas variam de sexo dependendo daquele que lhe é mais útil para o acasalamento no dado momento em que se encontram.

9 – Pirilampos mágicos

Quer os chamemos pirilampos ou vagalumes, não há como negar que estes são dos insectos mais interessantes que existem! Além de serem insectos inofensivos que não mordem ninguém, que não têm pinças e que são incapazes de ser portadores de doenças, estes são os únicos seres capazes de gerar luz sem gerar calor.

10 – Roteiros turísticos

Estás a ver a Torre dos Clérigos? A Torre de Belém? Ou outros grandes monumentos de qualquer região do mundo? Enquanto estes são sítios que geralmente apontas para visitar quando estás numa cidade que nunca estiveste antes, estes têm uma utilidade diferente para as aves: são usados como guias nas suas viagens. Como assim? As aves têm a capacidade de reconhecer edifícios distintivos e, assim sendo, usam-nos como ajuda no seus roteiros pelos ares.


Gostaste do que leste? Então passa pelas nossas páginas de Facebook e Twitter! Seguir-nos nestas duas redes sociais é a forma mais simples de garantires que o Cultura de Algibeira está sempre no teu bolso e que não perdes pitada dos próximos artigos!

Anúncios

2 Comments »

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: