Saltar para o conteúdo
Anúncios

Sete curiosidades sobre as Aventuras de Tintin

Sete curiosidades sobre as Aventuras de Tintin - Cultura de Algibeira, Algibeira, Bolso, Cultura

Tintin, geralmente conhecido como Tintim em Portugal, é o protagonista de uma série de livros chamada de As Aventuras de Tintin. E consegues adivinhar em que dia foi publicado pela primeira vez algo sobre esta personagem? A 10 de Janeiro de 1929, pelas mãos do artista belga de seu nome Hergé! Para festejar este aniversário, decidimos trazer até ti algumas coisas que podes não saber sobre esta personagem e as suas aventuras.

1 – Tintin e Portugal

Por muito estranho que te possa parecer, Portugal foi mesmo o país que abriu as portas à internacionalização das aventuras de Tintin ao mundo! Isto porque um jovem padre português esteve a estudar numa universidade belga, onde acabou por conhecer o personagem de cabelo ruivo e as suas histórias. Interessado no mesmo, comprou os direitos da obra e vendeu-os às pessoas responsáveis pela revista juvenil da Rádio Renascença. Desta forma, na sua 53ª edição, Tintin chegava pela primeira vez a um público não francófono.

2 – Acusações de racismo

Nem mesmo Tintin se livra de acusações de racismo! Ou melhor, Hergé! Tintin no Congo foi uma das obras mais polémicas do autor, tendo sido acusada de representar o povo africano como sendo ingénuo e primitivo, além de retratar estas personagens através de estereótipos como lábios grandes ou rodeados de animais mortos. Se pensas que a polémica sobre este livro se ficou apenas por quando foi lançado, estás enganado! Teve de ser relançado em 1946 mas, mesmo assim, nem isso resolveu os problemas! Aliás, ainda em 2007 a Comissão pela Igualdade Racial exigiu a retirada deste livro de todas as livrarias, considerando mesmo um crime que existam pessoas ainda a vender este livro. A verdade é que ainda é possível encontrar este livro em alguns sítios e este está longe de ser o único caso polémico das Aventuras de Tintin: existem acusações de racismo, fascismo, colonialismo, misoginia e violência aos mais diferentes livros da série.

3 – Quem foi Hergé?

Hergé foi um artista belga que era conhecido por escrever e desenhar bandas desenhadas. Era francófono e foi mesmo Tintin que o tornou famoso, tendo começado a ilustrá-lo no ano de 1929 e só terminando de o fazer quando morreu em 1983. O nome Hergé não passava de um pseudónimo utilizado por Georges Prosper Remi, sendo que este tinha apenas 21 anos aquando do lançamento da sua primeira história de Tintin.

4 – Os músicos Dupond e Dupont?

Não, os famosos irmãos das Aventuras de Tintin não mudaram de carreira para se tornarem cantores em adaptações mais recentes da obra, está descansado! No entanto, deram origem ao nome de uma banda do Reino Unido, os Thompson Twins! O que têm Dupond e Dupont a ver com os Thompson Twins? Bem, na tradução inglesa das Aventuras de Tintin, os dois irmãos passaram a chamar-se Thompson, tendo sido aí que a banda se inspirou para o seu nome.

5 – Milu, nome de fiéis companheiros

Apesar de ser apenas um pequeno cão, Milu é uma das personagens fulcrais desta série. Fiel companheiro de Tintin, Milu é um fox terrier de cor branca que quase todos os dias salva o protagonista de situações perigosas. Mas não estamos a falar de Milu para te dizer quem ele foi, mas sim para te dizer que o nome desta personagem foi inspirado numa namorada que Hergé teve durante a sua adolescência, Marie-Louise Van Cutsem, carinhosamente apelidada de Milou pelos seus amigos.

6 – A profissão de Tintin

São várias as vezes que podes ver Tintin a ser referido como repórter ao longo das suas aventuras. No entanto, mais complicado é encontrares esta personagem alguma vez na sua redação a escrever um artigo que seja! Isto deve-se ao facto de Hergé ter dado a Tintin uma profissão que justificasse as suas viagens constantes ao redor do planeta. Ao ser um jornalista, este tinha liberdade para viajar pelo mundo como forma de concluir as suas investigações.

7 – A polémica sobre a propriedade intelectual

Após a morte de Hergé, muita tinta tem corrido sobre a propriedade intelectual de Tintin. Actualmente na posse da empresa Moulinsart SA, esta empresa foi criada pela viúva de Hergé, Fanny Vlamynck e é actualmente gerida pelo seu marido, Nick Rodwell. A polémica instala-se pelo facto desta empresa proibir qualquer utilização da imagem de Tintin sem a sua autorização, fazendo com que a divulgação desta obra seja difícil para os seus fãs. Existem até leis de diferentes países que penalizam mesmo o publicar o que quer que seja de Tintin! Se te estás a perguntar quando é que esta obra entra em domínio público, isso irá acontecer a 1 de Janeiro de 2054, mas a Moulinsart SA tem planeado publicar um novo álbum da série em 2052 de forma a renovar a sua propriedade intelectual.


Gostaste do que leste? Então passa pelas nossas páginas de Facebook e Twitter! Seguir-nos nestas duas redes sociais é a forma mais simples de garantires que o Cultura de Algibeira está sempre no teu bolso e que não perdes pitada dos próximos artigos!

Anúncios

3 Comments »

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: