Skip to content
Anúncios

Sete datas comemorativas bizarras ao redor do globo

Sete datas comemorativas bizarras ao redor do globo - Cultura de Algibeira, Algibeira, Bolso, Cultura

Neste Dia Internacional para a Tolerância, nós decidimos investigar e tentar descobrir alguns feriados ou datas comemorativas que assinalem coisas que, à primeira vista, pareçam estranhas. Porquê? Porque hoje é o dia de sermos tolerantes não só uns com os outros, mas também com os dias mais bizarros que por aí andam.

1 – Dia Mundial das Zonas Húmidas

Sendo celebrado a 2 de Fevereiro, o Dia Mundial das Zonas Húmidas destina-se a promover a cooperação internacional e o incentivo de acções nacionais para uma gestão racional e sustentável das zonas húmidas. Um objectivo nobre mas com um nome não muito bem conseguido, já que nós começamos logo a pensar nas manchas de humidade que são comuns nas paredes das casas de banho.

2 – Dia da Esposa do Pastor

Vamos até ao Brasil onde, no primeiro domingo de Março, se assinala o Dia da Esposa do Pastor. Explicando melhor este dia, este foi criado em 2015 na cidade de Coronel Fabriciano e pretende homenagear as mulheres que são submissas à vontade de Deus por serem incansáveis na execução das suas tarefas em conjunto com os seus maridos. Ficamos a aguardar a criação do Dia do Filho do Padeiro, do Dia do Cunhado do Carpinteiro e o Dia da Nora da Peixeira!

3 – Dia do Pi

Lembras-te daquele número que aprendeste na escola que não tinha fim e que te ajudava a calcular a área de uma circunferência? Pois bem, a 14 de Março, em vários países, festeja-se um dia em sua homenagem! Festejado em países em que se escreve a data como 3/14 em vez de 14/3, este é um dia que não vem só…

4 – Dia da Aproximação do Pi

Já te estás a questionar que raio de dia é este? Este é o dia de homenagem ao Pi em países que começam por escrever o dia e só depois o mês na data. E quando se festeja? 22 de Julho! Porquê? Porque 22 a dividir por 7 (Julho é o sétimo mês do ano) dá, aproximadamente, 3,14! Tantos dias bizarros por este mundo fora…

5 – Battaglia delle Arance

Durante o Carnaval Histórico de Ivrea, existem três dias específicos que são destinados a uma batalha de comida em que as laranjas são a arma de arremesso de todos os participantes. Com mais de 500 toneladas de fruta a voarem nesses dias, numa tradição que remonta ao século XIX, os participantes garantem que a fruta utilizada seria imprópria para consumo. Festejar coisas parvas sim, mas sem estragar alimentos!

6 – Tinku

Já na Bolívia, todos os meses de Maio, ocorrem as celebrações de Tinku. Porque é que isto está na lista? Porque apesar deste festival começar com dança, rapidamente se forma um ringue no meio dos festejos onde os homens todos andam à luta, por acreditarem que as lutas tornam os homens mais fortes… Esperemos que pelo menos a Deusa Pachamama fique satisfeita com as ofertas de sangue derramado que lhe são feitas.

7 – La Tomatina

Tal como a Battaglia delle Arance, este dia não passa de uma enorme guerra de comida onde, em vez de laranjas, se usam tomates para acertar nas outras pessoas. Realizado desde 1944, o mais peculiar deste dia é o ter sido considerado como Festa de Interesse Turístico Internacional pelo Governo Espanhol.


Gostaste do que leste? Então passa pelas nossas páginas de Facebook e Twitter! Seguir-nos nestas duas redes sociais é a forma mais simples de garantires que o Cultura de Algibeira está sempre no teu bolso e que não perdes pitada dos próximos artigos!

Anúncios

1 Comentário »

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: