Saltar para o conteúdo
Anúncios

O que foi a Implantação da República?

O que foi a Implantação da República - Cultura de Algibeira - Algibeira, Cultura, Bolso

5 de Outubro de 1910: Dia da Implantação da República em Portugal. Já se passaram 107 anos desde esta data mas, ainda assim, não deixa de ser importante recordar o momento da nossa história que marcou o fim da realeza e do poder da coroa. Para tal, trazemos-te aqui hoje quatro dos principais factos desta revolução, os suficientes para perceberes o acontecimento que levou ao começo da República Portuguesa.

1 – Revolução a três dias

Apesar de festejarmos a implantação da república no dia 5 de Outubro, os movimentos militares contra a monarquia iniciaram-se na noite de 3 para 4 de Outubro. Se quisermos ser mais picuinhas, a revolução até já vinha a ser preparada há vários anos pelo povo devido à grande insatisfação que existia perante a coroa portuguesa. Mas, para todos os efeitos, foi pela manhã do dia 5 de Outubro de 1910, após vários confrontos, que a proclamação da república foi feita nas varandas da Câmara Municipal de Lisboa.

2 – O exílio real

D. Manuel II, o último rei de Portugal, foi obrigado a abdicar do poder e, logo no dia 5, embarcou com a sua família na Ericeira em direcção a Gibraltar. Após algum tempo em Gibraltar, o rei britânico acolhe a família real portuguesa no Reino Unido, onde D. Manuel II morou até ao dia da sua morte.

3 – O Governo Provisório

Também no próprio dia 5 de Outubro, foi formado o Governo Provisório da República Portuguesa. Este Governo ficou responsável pelos destinos do nosso país até à aprovação da Constituição de 1911, que ocorreu a 18 de Agosto de 1911, dissolvendo-se a 4 de Setembro. O presidente do Governo Provisório? Teófilo Braga!

4 – O fim da monarquia

O Governo Provisório quis, desde logo, demonstrar à população portuguesa que algo havia mudado com o fim da monarquia, tendo urgência de criar uma consciência de mudança nas pessoas. Para alcançar esse objectivo, foram aprovados um novo hino nacional e uma nova bandeira, com ambos os símbolos a persistirem até aos dias de hoje: A Portuguesa enquanto hino nacional e a mítica bandeira verde e vermelha com a esfera armilar ao centro enquanto símbolo visual máximo do nosso país.


Gostaste do que leste? Então passa pelas nossas páginas de Facebook e Twitter! Seguir-nos nestas duas redes sociais é a forma mais simples de garantires que o Cultura de Algibeira está sempre no teu bolso e que não perdes pitada dos próximos artigos!

Anúncios

1 Comentário »

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: