Saltar para o conteúdo
Anúncios

Cinco invenções que mataram os seus próprios criadores

5 invenções mataram próprios criadores Cultura de Algibeira

Nem todos os inventores ao longo da história são recordados da mesma forma pela humanidade. Alguns inventores até tiveram azares ao longo da sua carreira, desde terem ideias roubadas por colegas ou até mesmo a morte. Nós fomos então à procura de inventores que faleceram por causa da suas próprias criações e é isso que trazemos hoje até ti.

1 – Franz Reichelt

Este nosso artigo de hoje começa com um alfaiate e inventor austríaco chamado Franz Reichelt que criou uma peça de roupa que permitiria aos humanos voar ou, melhor dizendo, flutuar até ao solo. Com um conceito semelhante a um pára-quedas, Franz quis demonstrar a sua invenção ao mundo ao pular da Torre Eiffel, a uma altura de 60 metros. Infelizmente, a invenção de Franz falhou e o alfaiate saltou para a sua morte, num momento registado por imensas câmaras de imprensa que se encontravam a filmar o momento que poderia ter sido histórico.

2 – Henri Smolinski

Henri Smolinski foi um engenheiro aeronáutico que trabalhava para a Advanced Vehicle Engineers em Los Angeles, sendo responsável pelo projecto AVE Mizar. Este projecto tinha em mente a criação do primeiro carro voador do mundo através da junção da parte traseira de um avião Cessna Skymaster com um automóvel Ford Pinto, motivo pelo qual esta invenção é também conhecido por The Flying Pinto. No entanto, durante um voo de teste a 11 de Setembro de 1973, a asa direita da estrutura soltou-se do carro, fazendo com que este caísse e tivesse uma explosão que ditou a morte de Henri Smolinski e do seu sócio Harold Blake.

3 – Andrei Zheleznyakov

Andrei Zheleznyakov foi um inventor russo que trabalhava no desenvolvimento de armas químicas, sendo sobretudo conhecido pelo desenvolvimento do Agente Nervoso Novichok que se acredita ter sido recentemente utilizado no Reino Unido para envenenar Sergei Skripal, um ex-espião russo. Mas voltando ao que interessa, Andrei Zheleznyakov foi contagiado pela sua própria criação ao utilizar um fato de protecção defeituoso mas, mesmo com a utilização do antídoto, acabou por falecer sete anos após o contágio vítima da sua própria criação.

4 – William Bullock

Passemos agora então para um inventor nascido nos Estados Unidos da América e que dá pelo nome de William Bullock. Sendo responsável pelo desenvolvimento da máquina de impressão rotativa que permitiu desenvolver a velocidade de impressão de jornais ou livros, este acabou por falecer vítima da sua própria invenção. Como? Ao instalar a sua impressora no jornal Philadelphia Public Ledger, Bullock tentou pontapear uma corrente para a colocar no sítio, fazendo com que a sua perna ficasse presa e fosse totalmente destruída. Já no hospital, durante a operação para amputação da sua perna, William Bullock acabou por falecer.

5 – William Nelson

Por fim,o último inventor de que vamos falar hoje é William Nelson que trabalhava para a General Electric. Ao serviço desta empresa, William Nelson desenvolveu uma bicicleta motorizada e, durante um passeio de teste, William Nelson acabou por cair da bicicleta enquanto subia uma colina, queda essa que levou a uma morte imediata.

Gostaste do que leste? Então passa pelas nossas páginas de Facebook e Instagram! Seguir-nos nestas duas redes sociais é a forma mais simples de garantires que o Cultura de Algibeira está sempre no teu bolso e que não perdes pitada dos próximos artigos!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: