Saltar para o conteúdo
Anúncios

As dez descrições de sismos de acordo com a Escala de Richter

10 descrições sismos Escala de Richter Cultura de Algibeira

Hoje decidimos explorar o tema dos sismos aqui no Cultura de Algibeira. Tendo geralmente a sua magnitude medida através da Escala de Richter, mas como se define o que é um sismo forte ou fraco? E qual a frequência de cada tipo de sismo? Se alguma vez te questionaste sobre isto, estás no sítio certo para veres todas as tuas dúvidas esclarecidas.

1 – Microssismos

Vamos começar então por falar de microssismos, os sismos com menor magnitude na Escala de Richter. Tendo sempre uma magnitude inferior ao valor de magnitude 2, estes sismos não são sentidos pelas pessoas e acontecem cerca de 8000 diferentes por dia.

2 – Muito Pequeno

Seguimos agora para os sismos que são considerados como muito pequenos. Este sismos apresentam magnitudes entre os 2 e os 2,9 e, apesar de não serem geralmente sentidos pelos humanos, são detectados pelos sismógrafos que registam cerca de 1000 diferentes sismos deste tipo por dia.

3 – Pequeno

Continuamos a subir na Escala de Richter para falar dos sismos pequenos, isto é, sismos entre as magnitudes 3 e 3,9. Este género de sismos já é normalmente sentido pelas pessoas, embora seja raro originarem danos nas cerca de 49000 vezes que ocorrem por ano.

4 – Ligeiro

Com magnitude entre os 4 e 4,9 na Escala de Richter encontram-se os sismos ligeiros que geram tremores fortes o suficiente para ser notório o movimento de objectos dentro de casa. Ainda assim, existem cerca de 6200 destes sismos por ano e não é comum gerarem danos de maior.

5 – Moderado

Entramos agora em sismos compreendida entre os valores 5 e 5,9 de magnitude, os sismos moderados. Acontecendo cerca de 800 vezes por ano, estes sismos já são capazes de destruir edifícios mal construídos ou isolados, embora causem apenas danos ligeiros em edifícios preparados para aguentar terramotos.

6 – Forte

Seguem-se os sismos fortes, sismos que apresentam valores de magnitude entre os 6 e os 6,9. São cerca de 120 sismos deste género que acontecem todos os anos e estes são capazes de destruir zonas habitadas num raio de cerca de 150 quilómetros em redor do seu epicentro.

7 – Grandes

Os sismos considerados como grandes acontecem apenas uma média de 18 vezes por ano mas, uma vez que têm valores de magnitude compreendidos entre os 7 e os 7,9, geram danos graves numa região bastante alargada em redor do seu epicentro.

8 – Importante

É muito raro acontecer um sismo que seja considerado como importante na Escala de Richter, uma vez que estes são sismos que apresentam valores de magnitude entre os 8 e os 8,9. Ainda assim, todos os anos acontece pelo menos um destes terramotos que acabam por destruir quase tudo o que encontram num raio de várias centenas de quilómetros desde o seu epicentro.

9 – Excepcional

Os sismos excepcionais acontecem, em média, apenas 1 vez a cada 20 anos mas, de cada vez que surgem, deixam um rasto de destruição numa área de milhares de quilómetros em torno do seu epicentro. Isto deve-se à sua magnitude situada entre os 9 e 9,9.

10 – Extremo

Por fim, resta-nos falar dos sismos com uma magnitude superior a 10 na Escala de Richter, os sismos extremos. Desde que é feita a medição sismológica, nunca foi detectado qualquer sismo com uma magnitude deste valor, mas acredita-se que um sismo de magnitude 13 tenha acontecido devido à criação da Cratera de Chicxulub na Península do Iucatã há mais de 65 milhões de anos, ou seja, com o impacto do meteoro que terá resultado na extinção dos dinossauros no Planeta Terra..

Gostaste do que leste? Então passa pelas nossas páginas de Facebook e Instagram! Seguir-nos nestas duas redes sociais é a forma mais simples de garantires que o Cultura de Algibeira está sempre no teu bolso e que não perdes pitada dos próximos artigos!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: