Saltar para o conteúdo
Anúncios

A playlist dos Heróis de Abril

Abril II

Ainda na ressaca das celebrações do 44º aniversário da Revolução de 25 de Abril de 1974, achámos que seria uma boa ideia trazer até ti a playlist que guiou o exército português nesse dia histórico. Sem a dedicarmos em exclusivo a uma pessoa, decidimos nomear esta lista musical de hoje em memória de todos os Heróis de Abril.

1 – Paulo de Carvalho – E Depois do Adeus

Abrimos a playlist com a canção que foi eleita como a primeira senha de partida para os quartéis. Vencedora do Festival da Canção de 1974, esta música encontrava-se na moda durante o período da revolução, sendo assim a senha perfeita para a organização militar às 22 horas e 55 minutos do dia 24 de Abril.

2 – Zeca Afonso – Grândola Vila Morena

A segunda senha de sinalização da Revolução de 25 de Abril foi a canção de Zeca Afonso, Grândola Vila Morena. Esta música foi tocada há meia noite e vinte minutos do dia 25 de Abril na Rádio Renascença, sendo então o sinal de partida oficial para a revolução que viria a decorrer nesse dia.

3 – Zeca Afonso – Venham Mais Cinco

Na terceira posição desta playlist, temos mais uma música de Zeca Afonso, música essa que era suposto ter sido a primeira senha da revolução. No entanto, uma vez que este era um artista proibido pelo regime ditatorial que mandava em Portugal, os militares optaram por não a usar com receio que a música fosse levantar suspeitas. Com a revolução, o álbum em que esta canção se encontra acabou por ser um dos primeiros discos proibidos a serem transmitidos nas rádios portuguesas.

4 – Zeca Afonso

Se te parece que a playlist de hoje está muito centrada em Zeca Afonso, o mesmo se deve ao facto deste ter sido um dos músicos centrais da revolução e, além disso, um dos maiores símbolos musicais portugueses na luta contra o fascismo. Esta canção que aqui colocamos retrata mesmo o seu desagrado para com a força política que mandava em Portugal.

5 – Fernando Tordo – Tourada

Por fim, uma outra música muito associada à revolução é a Tourada de Fernando Tordo, mais uma música que venceu o Festival da Canção, em 1973, tendo sido aprovada pelo regime ditatorial que não entendeu a letra como sendo uma crítica a si e à sociedade, apesar de ser esse o objectivo de Ary dos Santos, o seu compositor.

Gostaste do que leste? Então passa pelas nossas páginas de Facebook e Twitter! Seguir-nos nestas duas redes sociais é a forma mais simples de garantires que o Cultura de Algibeira está sempre no teu bolso e que não perdes pitada dos próximos artigos!

Anúncios

2 Comments »

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: